BandNews FM

Julgamento de Daniel Silveira no Conselho de Ética segue sem data para ser retomado

Parlamentar foi preso em flagrante após fazer apologia ao AI-5 e ofender STF

Rádio BandNews FM 10/06/2021 • 16:10 - Atualizado em 10/06/2021 • 17:26
Deputados do Conselho de Ética da Câmara analisam pedidos de vista no julgamento de Daniel Silveira (PSL-RJ)
Deputados do Conselho de Ética da Câmara analisam pedidos de vista no julgamento de Daniel Silveira (PSL-RJ)
Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Deputados do Conselho de Ética da Câmara analisam pedidos de vista no julgamento de Daniel Silveira (PSL-RJ) e, enquanto isso, o julgamento fica sem data para ser retomado na Casa.

Na última quarta-feira (9), o relator do processo disciplinar votou pelo afastamento do parlamentar por seis meses. Para o deputado Fernando Rodolfo (PL-PE), Daniel Silveira agiu nos limites do exercício do mandato, se abrigando na imunidade dada pela Constituição Federal.

Agora, para que o deputado seja afastado do cargo, o relatório precisa receber o aval da maioria dos membros do Conselho de Ética. Se aprovado, o parlamentar ainda poderá recorrer.

O PSOL declarou que vai apresentar um voto alternativo ao conselho pedindo a cassação do mandato do político.

Daniel Silveira foi preso em flagrante em fevereiro deste ano após ter divulgado um vídeo com apologia ao Ato Institucional 5 (AI-5), o mais repressivo da ditadura militar. Ele também ofendeu ministros do STF e pediu o fechamento da Corte. As duas pautas são inconstitucionais.

Após repercussão do vídeo, o parlamentar pediu desculpas. Silveira segue cumprindo prisão domiciliar.