BandNews FM

Marinha e Polícia Federal apontam três navios como possíveis responsáveis por manchas de óleo nas praias do Nordeste brasileiro

As manchas de óleo apareceram em praias do Nordeste e atingiram mais de 250 praias

10/05/2021 • 13:52
Pessoas removem óleo da praia
Pessoas removem óleo da praia
Foto: Diego Nigro/Reuters

Os navios tanque Boubolina, City of Tokyo e Godam podem ser responsabilizados pelo derramamento de óleo nas praias do Nordeste em 2019.

As informações foram divulgadas após a retirada do sigilo do relatório da investigação de acordo com inquérito da Polícia Federal e da Marinha.

Segundo as Forças Armadas, o óleo apareceu a 700 km da costa brasileira, em águas internacionais, e atingiu mais de 250 praias do Nordeste, além de localidades em outros estados, como Pará e Rio de Janeiro.

Na Paraíba, as manchas foram detectadas em cidades como Conde, Rio Tinto, Mataraca e na capital João Pessoa.

Ainda não se sabe o impacto da emergência sanitária sobre as famílias de pescadores prejudicados pelo óleo.

No comunicado, a Marinha defendeu investimentos no monitoramento de navios para agilizar as investigações caso isso se repita.

Até o momento, ninguém foi oficialmente responsabilizado pelo crime ambiental.