BandNews FM

Motores do avião que transportava cantora Marília Mendonça são analisados no Distrito Federal

Trabalhos são realizados pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos

BandNews FM 11/11/2021 • 20:25
Outros componentes da aeronave foram enviados para o Rio de Janeiro
Outros componentes da aeronave foram enviados para o Rio de Janeiro
Divulgação/Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

Os motores do avião que caiu no interior de Minas Gerais e matou a cantora Marília Mendonça e mais quatro pessoas estão sendo analisados no Distrito Federal.  

A avaliação é feita pelo Cenipa, Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos.

O órgão da Força Aérea Brasileira não deu um prazo para finalizar os procedimentos, mas garantiu que as conclusões sobre o caso serão amplamente divulgadas.  

Os destroços seguiriam inicialmente para Goiânia, mas uma decisão técnica tomada em conjunto com a fabricante da aeronave durante o percurso trouxe os itens para a capital do país, de acordo com nota da FAB.

Os outros componentes da aeronave foram enviados para o Rio de Janeiro.  

Segundo o Brigadeiro do Ar Marcelo Moreno, Chefe do Cenipa, as equipes começaram os trabalhos de recolhimento e investigação do caso na manhã do último dia 6.  

O acidente que matou a cantora aconteceu na sexta-feira (5), na cidade de Caratinga, interior de Minas Gerais.  Junto com Marília Mendonça, estavam no avião o tio e assessor dela, Abicelí Silveira Dias Filho, e o produtor Henrique Ribeiro.