BandNews FM

MPRJ prende 4 pessoas da quadrilha de Ronnie Lessa

Ação é um desdobramento de outra operação deflagrada em agosto de 2023 contra a quadrilha chefiada por Maxwell Simões e Ronnie Lessa

Rádio BandNews FM

Agentes do Gaeco cumprem 5 mandados de prisão e 8 de busca e apreensão
Agentes do Gaeco cumprem 5 mandados de prisão e 8 de busca e apreensão
Reprodução

Uma operação do Ministério Público do Rio contra integrantes de uma rede de comércio ilegal de armas e munição, prende quatro pessoas nesta sexta-feira (1). A ação é um desdobramento de outra operação deflagrada em agosto de 2023 contra a quadrilha chefiada pelo ex-bombeiro Maxwell Simões Corrêa e pelo policial reformado Ronnie Lessa, voltada à exploração clandestina de sinais de TV e internet.

Ronnie e Maxwell estão presos por envolvimento nos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. Ronnie confessou que fez os disparos em delação premiada e Maxwell é acusado de monitorar a rotina de Marielle, participar de uma tentativa frustrada de execução e ajudar no sumiço de provas. Os dois não são alvo da operação.

Entre os alvos da operação, está Welington de Oliveira Rodrigues, conhecido como "Manguaça", apontado como um dos gerentes do esquema "gatonet" de Maxwell e Lessa.

Os agentes estão nas ruas para cumprir cinco mandados de prisão e oito de busca e apreensão em endereços de cinco pessoas denunciadas à Justiça. A ação também conta com o apoio da Polícia Civil e a Polícia Militar.

Segundo o MP, a rede ilegal atua na região de Rocha Miranda, na Zona Norte do Rio, e comercializava até mesmo armas de fogo de uso restrito.

Tópicos relacionados