BandNews FM

Nunes Marques pede vista e adia julgamento sobre eleição indireta em Alagoas

Mesmo com o pedido de vista, a liminar continua válida e, por isso, não impede a realização do pleito

Rádio BandNews FM 13/05/2022 • 19:00
Quatro ministros já votaram no plenário virtual da Corte.
Quatro ministros já votaram no plenário virtual da Corte.
Foto: Fellipe Sampaio/STF

O ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal, pediu vista, ou seja, mais tempo para analisar o processo que analisa as eleições indiretas para o governo de Alagoas, marcadas para este domingo (15).

Quatro ministros já votaram no plenário virtual da Corte. Edson Fachin, Dias Toffoli, Alexandre de Moraes e Ricardo Lewandowiski acompanharam o relator, ministro Gilmar Mendes, que tinha concedido uma liminar com novas regras sobre o pleito eleitoral.

Na decisão, ele determinou, por exemplo, que a disputa seria feita com chapas únicas, ou seja, não haveria votação separada para governador e vice para o mandato-tampão.

Os ministros analisavam se mantinham essa decisão de Gilmar Mendes, ou seja, mesmo com esse pedido de vista, a liminar continua válida e, por isso, não impede a realização da eleição.