BandNews FM

OMS alerta para riscos da Ômicron; dúvidas sobre mutações permanecem

Em relatório técnico, entidade também admite que ainda não existem registros de mortes associadas à nova cepa

Rádio BandNews FM 29/11/2021 • 12:35 - Atualizado em 01/12/2021 • 09:01
OMS alerta para o risco elevado que a variante Ômicron representa para o mundo
OMS alerta para o risco elevado que a variante Ômicron representa para o mundo
Imagem: Martin Sanchez/Unsplash.com

Nesta segunda-feira (29), a Organização Mundial da Saúde alertou para o risco elevado que a variante Ômicron do coronavírus representa para o mundo, dadas as possibilidades de que a cepa escape à proteção das vacinas disponíveis e tenha "vantagens" na transmissibilidade.

"Dependendo dessas características, pode haver surtos futuros de covid-19, que podem ter consequências graves, dependendo de uma série de fatores, incluindo os lugares onde esses picos podem ocorrer", explicou a entidade em relatório técnico. Contudo, a OMS também afirmou que, até o momento, não existem registros de mortes associadas à nova cepa.

Após a identificação da variante, anunciada pela primeira vez na última quarta-feira (24) por uma equipe de cientistas da África do Sul, diversos países, incluindo o Brasil, suspenderam voos vindos de países africanos na tentativa de frear o contágio pelo vírus, que já foi confirmado em todos os continentes.

Presidente da África do Sul pede que países retirem as restrições imediatamente

Em pronunciamento neste domingo (28), o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, afirmou que as restrições de viagens impostas aos países do Sul da África são injustificadas e ferem o compromisso do G20 de recuperação do turismo e das viagens internacionais de forma segura.

"Essas restrições - do Reino Unido, Estados Unidos, Canadá, Austrália, Japão, Tailândia, Guatemala, Brasil e outros - discriminam o nosso país e a proibição das viagens não tem base científica. A única coisa que essas restrições farão é prejudicar a economia ainda mais", disse Ramaphosa. "Pedimos que os países revertam essas decisões e retirem as restrições imediatamente. Não há razão científica alguma para mantê-las."

Ômicron já chegou ao Brasil?

Ainda neste domingo, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária divulgou que um brasileiro que passou pela África do Sul testou positivo para a Covid-19 após desembarcar no aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo.

No entanto, ainda não é possível afirmar que se trata de uma contaminação pela nova variante.

Confira mais informações com a colunista da BandNews FM, Mônica Bergamo: