BandNews FM

Polícia Civil de Santa Catarina investiga causas do assassinato de Amanda Albach

A jovem, que foi obrigada a cavar a própria cova, foi sepultada neste domingo (05)

BandNews FM 05/12/2021 • 16:47
Os policiais tentam descobrir mais detalhes sobre a vida social da jovem
Os policiais tentam descobrir mais detalhes sobre a vida social da jovem
Reprodução / Redes Sociais

A Polícia Civil de Santa Catarina investiga as causas da morte de Amanda Albach, de 21 anos, jovem que estava desaparecida desde de 15 de novembro e teve o corpo localizado enterrado na praia Irapirubá Norte, em Laguna (SC).

Os agentes iniciaram as investigações no dia 19 de novembro, quando foram iniciadas as buscas. Nas redes sociais, a última publicação de Amanda foi na Praia do Canto, em Imbituba, no Sul catarinense. 

Até agora, os policiais tentam descobrir mais detalhes sobre a vida social da jovem, mas eles já confirmaram que ela frequentou uma festa no dia 14 do mesmo mês, em Florianópolis. 

De acordo com as investigações, Amanda foi à Laguna para comemorar o aniversário da amiga que foi presa, suspeito de envolvimento na morte. 

Após a prisão de três suspeitos em Santa Catarina - entre eles uma amiga de Amanda -, o corpo da jovem foi encontrado em uma cova rasa em Laguna, no litoral sul catarinense. 

Outros dois homens foram presos, e um deles confessou a participação no assassinato.  

O corpo foi sepultado no final da manhã deste domingo (5), no Cemitério Municipal de Fazenda Rio Grande, na região de Curitiba.