BandNews FM

Polícia Civil do RJ indicia três policiais pela morte do garoto João Pedro

Os policiais atiraram contra a casa do menino em suposta perseguição

09/06/2021 • 17:39
João Pedro Mattos, 14 anos
João Pedro Mattos, 14 anos
Foto: Reprodução / Arquivo pessoal

A Polícia Civil do Rio de Janeiro indicia três policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) pela morte do adolescente João Pedro Mattos de 14 anos que morreu no dia 18 de maio de 2020, em São Gonçalo, na região metropolitana.

Segundo a investigação, os agentes agiram de forma errada supondo que seriam alvo de agressão.

De acordo com a Polícia Civil, os profissionais de segurança vão responder por homicídio culposo, ou seja, sem a intenção de matar.

O inquérito agora segue para o Ministério Público, que pode ou não oferecer denúncia contra os agentes.

Depois da morte de João Pedro, o Supremo Tribunal Federal chegou a determinar, em junho do ano passado, a proibição de operações em favelas do RJ.

João Pedro foi atingido por tiros de policiais, que alegaram estar em confronto com um criminoso.

  • Assassinato