BandNews FM

Por meta fiscal, Haddad quer pacto entre Poderes

Ministro da Fazenda quer ajuda de parlamentares para encontrar fontes de financiamento para as despesas criadas pelo Governo

Rádio BandNews FM

Ministro Fernando Haddad
Ministro Fernando Haddad
Washington Costa/MF

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, quer que os três Poderes da República assumam um compromisso para que seja possível atingir as metas fiscais definidas pela equipe econômica. A mais importante delas é cumprir a promessa de zerar o déficit das contas públicas ainda em 2024.

A fala veio logo depois que o presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco, decidiu fazer com que parte da Medida Provisória que trata da desoneração da folha de pagamento perdesse a validade. A medida fez com que todos os municípios de até 156 mil habitantes continuassem com as folhas desoneradas, afetando o cálculo do Executivo mais uma vez. O Congresso, no entanto, manteve a parte do texto que trata sobre o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos, o Perse, que teve a validade prorrogada por mais 60 dias.

Haddad disse que, para que o governo alcance os objetivos fiscais, fixará metas por meio de leis enviadas ao Legislativo. Ele não escondeu que a situação envolvendo a MP tem gerado problemas para o Planalto: "O Perse é um problema, a desoneração da folha é um problema, a questão dos municípios é outro problema. O Executivo é um poder mas, hoje, os dois outros poderes tem muito protagonismo". O ministro falou que precisa "convencer os parlamentares a encontrarem fontes de financiamento para as despesas do governo".

Tópicos relacionados