BandNews FM

Praias de Fernando de Noronha são atingidas por óleo misterioso

Governo investiga a possibilidade de os dejetos serem os mesmos da contaminação de 2019 no litoral nordestino

BandNews FM 16/08/2021 • 15:44 - Atualizado em 16/08/2021 • 15:57
Óleo em praias do arquipélago de Fernando de Noronha
Óleo em praias do arquipélago de Fernando de Noronha
Foto: EcoNoronha

Cerca de 900 quilos de óleo foram coletados de cinco praias do arquipélago de Fernando de Noronha. De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, somente no último domingo (15), foram retirados aproximadamente 400 quilos de dejetos das praias.

Os trabalhos de retirada foram coordenados pelo ICMBio e pela Marinha, além de envolver aproximadamente 50 pessoas entre biólogos e voluntários.

Os vestígios são semelhantes aos que poluíram o litoral do Nordeste em 2019. Mas, de acordo com o ICMBio, não é possível ainda precisar a natureza do material, nem dizer se o óleo coletado agora é do mesmo tipo da substância derramada dois anos atrás.

A tragédia ambiental, que ocorreu há dois anos, atingiu mais de 900 cidades e foi responsável por afetar ribeirinhos, pescadores e toda a biodiversidade marinha.

Em outubro de 2019, a Petrobras atestou que o petróleo teria sido oriundo de três campos localizados na Venezuela.

A Marinha compartilhou em redes sociais que está atuando em parceria com a FAB, o ICMBio e o Projeto Tamar na limpeza das áreas afetadas em Fernando de Noronha e estuda as caudas das manchas de óleo.