BandNews FM

Prefeito do Rio vai dispensar uso de máscaras em áreas abertas, mas liberação depende de aval do Estado

Governador deve se pronunciar nesta segunda-feira sobre a flexibilização no uso da proteção facial

BandNews FM 24/10/2021 • 13:48
Prefeito do Rio vai dispensar uso de máscaras em áreas abertas, mas liberação depende de aval do Estado
Prefeito do Rio vai dispensar uso de máscaras em áreas abertas, mas liberação depende de aval do Estado
Foto: Agência Brasil

Apesar do decreto municipal dispensando o uso de máscaras em áreas abertas na cidade do Rio de Janeiro, a população ainda será obrigada a circular com a proteção facial.

Em entrevista à BandNews FM, o secretário municipal de Saúde do Rio afirmou que a liberação efetiva depende de autorização do governo estadual.

“Sempre vale a regra mais restritiva. Se o Estado acha que ainda não é o momento de liberar, mantém a regra do Estado. A gente tem que esperar a publicação do novo decreto da secretaria de Saúde do Estado”, explicou Daniel Soranz.

 O secretário ainda afirmou que mantém conversas com o governo estadual e antecipou que existe uma previsão de nova análise da medida nos próximos dias: “Eles vão reavaliar essa decisão para o estado todo e devem apresentar uma definição, um novo decreto, ainda nesta semana”.

Procurada pela BandNews FM, a secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro confirmou que existe a possibilidade de flexibilização do uso de máscaras.

A previsão é de que o governador Cláudio Castro se posicione sobre o assunto nesta segunda-feira (25), em coletiva de imprensa marcada para às 8h, quando vai falar sobre o retorno das aulas 100% presenciais. 

Questionado sobre a possibilidade de que a medida da Prefeitura possa confundir a população, Daniel Soranz disse que será mantida uma “comunicação objetiva”.

"Pela Prefeitura do Rio de Janeiro, não há mais necessidade de obrigatoriedade da utilização de máscaras, mas o decreto estadual precisa ser respeitado. Estamos mantendo essa comunicação bem organizada para que as pessoas ainda utilizem máscaras até a publicação do decreto do governo do estado do Rio de Janeiro", finalizou.