BandNews FM

Justiça de São Paulo impede paralisação de profissionais da saúde

Categoria exige contratação de novos profissionais e pagamento de horas extras por conta do aumento de casos da Covid-19

Rádio BandNews FM 18/01/2022 • 22:06 - Atualizado em 18/01/2022 • 22:10
O Sindicato dos Médicos marcou a greve para esta quarta (18)
O Sindicato dos Médicos marcou a greve para esta quarta (18)
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Prefeitura de São Paulo obtém uma liminar para impedir a paralisação dos profissionais de atenção primária à saúde da rede municipal da cidade.  

O Sindicato dos Médicos marcou a greve para esta quarta (19) alegando que está trabalhando exaustivamente com o aumento de casos de Covid-19 e gripe e o afastamento de colegas doentes. Na segunda-feira (18), o Simesp e a Secretaria Municipal de Saúde se reuniram, mas não entraram em acordo quanto às exigências da categoria. Segundo o sindicato, não foi apresentado plano de substituição para os profissionais afastados.

Com isso, a prefeitura solicitou a liminar afirmando que a paralisação dos serviços essenciais de atendimento primário da saúde causaria prejuízos irreparáveis para a população.  O órgão ainda diz que já foram autorizados o pagamento de horas extras e a contratação de setecentos médicos e enfermeiros.