BandNews FM

Presidente do Senado é confirmado como pré-candidato à Presidência da República

Rodrigo Pacheco deixou o DEM e vai assinar a filiação ao PSD na quarta-feira Palavra-chave para stories: pré-candidatura

23/10/2021 • 14:04
Rodrigo Pacheco, Presidente do Senado, é anunciado como pré-candidato do PSD à Presidência da República
Rodrigo Pacheco, Presidente do Senado, é anunciado como pré-candidato do PSD à Presidência da República
Foto: Jefferson Rudy/ Agência Senado

O presidente do Senado é anunciado como pré-candidato do PSD à Presidência da República.

A indicação de Rodrigo Pacheco, que deixou o DEM-MG e se filiou ao Partido Social Democrático nesta sexta-feira (22), foi anunciada durante um evento da legenda, neste sábado (23), no Rio de Janeiro.

O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, afirmou que o senador só não vai concorrer ao Executivo Federal em 2022 “se não quiser”, mas ressaltou que acredita no sim de Pacheco.

“O Rodrigo vai se filiar na quarta-feira, e ele só não será nosso candidato a presidente da república se não quiser. Eu tenho certeza absoluta que, após refletir, ele não vai se negar a cumprir essa missão”, disse Kassab.

Por outro lado, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), agradeceu a presença do presidente do Senado e apresentou o correligionário como “próximo presidente da República”.

Pacheco discursou na reunião e, após a fala dele, o apresentador do evento também anunciou o político mineiro como “futuro presidente”.

O presidente do Congresso Nacional não falou sobre a candidatura, mas apresentou propostas de políticas públicas nacionais, incluindo a necessidade de criação do que chamou de programa de assistência social “sustentável” e com “responsabilidade fiscal”.

“Não significa reduzir a expectativa das pessoas. É possível equilibrar a necessidade que as pessoas têm de uma mínima capacidade de compra de itens de cesta básica, que aumentaram o preço, com a responsabilidade fiscal. De nada adianta fazer um programa social sem sustentação e daí a um mês, dois meses aumentar 30% o preço do arroz e do feijão”, afirmou o senador.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, foi anunciado como candidato ao governo do Rio de Janeiro.