BandNews FM

Primeiros dados da Ômicron são encorajadores, diz assessor da Casa Branca

Anthony Fauci também reforçou que faltam dados para conclusões sobre a variante

BandNews FM 06/12/2021 • 06:54
Principal conselheiro da Casa Branca afirma que dados iniciais da Ômicron são animadores.
Principal conselheiro da Casa Branca afirma que dados iniciais da Ômicron são animadores.
Foto: Reprodução/National Institute of Allergy and Infectious Diseases

O principal assessor da Casa Branca para assuntos relacionados ao coronavírus, Anthony Fauci, disse neste domingo (5) que os primeiros dados sobre a Ômicron são encorajadores. O médico, no entanto, reforçou que ainda é cedo para qualquer conclusão sobre a nova variante e reforçou que estudos ainda estão em andamento.

Durante entrevista à CNN, Fauci afirmou que dados quanto à gravidade da Ômicron indicam que a cepa não é mais grave que a Delta - esta última é predominante no Brasil.

A preocupação com a nova variante ocorre após os cientistas encontrarem 50 mutações no vírus, em especial as mutações na proteína Spike. É esta parte do vírus que se liga nas células e permite que o coronavírus infecte os humanos. Mudanças na proteína S podem tornar a cepa mais resistente as vacinas.

Para conter o avanço da variante Ômicron, o presidente Joe Biden anunciou na semana passada um esforço concentrado para aumentar os índices de imunização nos Estados Unidos. Cerca de 100 milhões de doses de reforço serão disponibilizadas para aplicação da dose extra de reforço para os americanos.

A Casa Branca também anunciou que exigirá dos viajantes internacionais a apresentação de um teste negativo de Covid-19 feito até 24 horas do embarque. A medida começa a valer nesta segunda-feira (6) mesmo para os já vacinados. Novas restrições para viajantes da África - local da identificação da nova variante -, no entanto, não foram anunciadas