BandNews FM

Quem é a jovem com câncer avançado que realizou sonho de ver atletas do vôlei

Moradora do interior de São Paulo, Ruthy também sonhava em ser atleta profissional, mas descobriu tumores espalhados pelo corpo há quatro anos

Da redação

Ruthy se encontra com atletas da seleção brasileira de vôlei no Rio de Janeiro
Ruthy se encontra com atletas da seleção brasileira de vôlei no Rio de Janeiro
Maria Eduarda Leita/BandNews FM

Uma jovem moradora de Sabino, no interior de São Paulo, realizou um sonho nesta quarta-feira (15): ver de perto as jogadoras de vôlei da seleção brasileira

Promovido pela Associação Joelísio Fraga Mieloma Múltiplo, o encontro aconteceu no Rio de Janeiro, em um hotel da zona sul da capital (assista a momento dessa reunião abaixo).

Ruthy Nascimento, de 29 anos, sempre praticou esportes e sonhava em ser atleta profissional. Porém, há quatro anos, descobriu um câncer já em um estágio avançado e precisou paralisar as atividades. Só no primeiro ano, foram 17 tumores: doze no intestino, quatro no fígado e um no pulmão.

Promessa de reencontro

Mesmo com os tratamentos invasivos, Ruthy enfrentou 19 horas de estrada para poder assistir ao jogos da Liga das Nações ano passado em Brasília. Na ocasião, ela encontrou as jogadoras rapidamente e prometeu que voltaria a vê-las.

Em janeiro deste ano, ela descobriu que o câncer tinha voltado, mas dessa vez em um lugar diferente. Isso não a impediu de vir para o Rio de Janeiro.

A jovem ganhou uma camisa oficial da seleção autografada pelas atletas. Ao lado das jogadoras, Ruthy comparou a trajetória dela com os altos e baixos enfrentados na vida de uma atleta.

Ela acredita que a palavra que define o caminho dela até aqui é a resiliência. Com isso, deu um presente para as jogadoras: uma caneca com a frase "ser resiliente é acreditar em você".

Tópicos relacionados