BandNews FM

Reinaldo Azevedo: CPI não pode ter medo do que achou

Acompanhe a análise do âncora do programa "O É da Coisa"

Rádio BandNews FM 18/10/2021 • 09:25

Na conclusão dos trabalhos, a CPI da Pandemia adiou a leitura do relatório final para esta quarta-feira (20). A votação do parecer deve ocorrer na próxima semana, no dia 26 de outubro. Segundo o relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AL), a decisão foi do presidente da CPI, o senador Omar Aziz (PSD-AM), por necessidade de um tempo maior para analisar o documento das investigações.

Os senadores questionam, principalmente, o pedido de indiciamento do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e do vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (Republicanos). Os filhos do presidente seriam indiciados por crimes de disseminação de fake news durante a pandemia.

Há também a discussão se não haveria exagero ao solicitar que os órgãos públicos denunciem o chefe do Executivo por 11 crimes.

Horror em estado puro

O âncora da BandNews FM, Reinaldo Azevedo, se posiciona a favor dos indiciamentos que provavelmente serão requeridos pelos senadores e destaca que a CPI não pode ter receio de expor as irregularidades que foram encontradas ao longo de seis meses de investigações: “Vocês encontraram o horror em estado puro, em estado bruto [...] É tudo muito feito? Sim. Mas tudo isso foi praticado, e mais de 600 mil pessoas morreram”.