BandNews FM

Reinaldo Azevedo: Jequices de Bozo, um reaça em NY

Acompanhe a análise do âncora do programa "O É da Coisa"

Rádio BandNews FM 20/09/2021 • 08:29 - Atualizado em 20/09/2021 • 08:31

O presidente Jair Bolsonaro embarcou neste domingo (19) para a cidade de Nova York, onde participará da Assembleia-Geral da ONU (Organização das Nações Unidas).

Apesar de declarar ainda não ter se vacinado contra a Covid-19, Bolsonaro foi liberado para entrar nos Estados Unidos, uma vez que não é necessário seguir as determinações das autoridades locais em ocasiões especiais das Nações Unidas.

Pizza na calçada

Ainda na noite de domingo (19), o ministro Luiz Eduardo Ramos (Secretaria-Geral) publicou no Twitter uma foto em que o presidente da República e parte da comitiva aparecem comendo pizzas do lado de fora de um restaurante nova-iorquino.

Além de Ramos e de Bolsonaro, na imagem é possível identificar o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, além dos ministros Gilson Machado (Turismo), Marcelo Queiroga (Saúde) e Anderson Torres (Justiça e Segurança Pública).

Apesar da liberação para não-vacinados participarem do evento da ONU, a prefeitura de Nova York exige comprovante de imunização contra a Covid-19 para o consumo na parte interna de restaurantes e cafés, além de outros espaços.

O âncora do programa “O É da Coisa”, Reinaldo Azevedo, sinaliza que a conduta de Bolsonaro durante a visita à metrópole americana e o discurso que fará na abertura da Assembleia-Geral podem prejudicar ainda mais a imagem do país diante de líderes mundiais: “A reputação do Brasil pode mergulhar um pouquinho mais no abismo, se é que isso é possível”.

  • Bolsonaro
  • ONU
  • Política
  • Reinaldo Azevedo
  • Brasil