BandNews FM

Reinaldo: Bolsonaristas tentam fazer barulho para ocultar excesso de provas

Reinaldo Azevedo analisa a repercussão do indiciamento de Bolsonaro por suspeita de venda ilegal das joias sauditas recebidas pelo ex-chefe do Executivo

BandNews FM

O âncora de "O É da Coisa", Reinaldo Azevedo, analisa a repercussão do indiciamento do ex-presidente Jair Bolsonaro por suspeita de venda ilegal das joias sauditas recebidas pelo ex-chefe do Executivo. A Polícia Federal indiciou outras onze pessoas no inquérito.   

O jornalista faz uma ponte entre a divulgação do relatório da PF e o cenário atual da França, onde, no último domingo (7), a coalizão de esquerda venceu as eleições legislativas do país: "enquanto a França se organiza para esconjurar a extrema direita, aqui, alguns patriotas querem abraçá-la", diz.   

Para Reinaldo, a investigação da Polícia Federal exibe um caso escandaloso de "excesso de provas". Ele enfatiza que os crimes pelos quais Bolsonaro é acusado devem ter consequências, incluindo a prisão, caso seja condenado. A Procuradoria-Geral da República tem 15 dias para decidir se vai denunciar o ex-presidente. 

"Aqueles que fizeram lambança com joias e tentaram golpe de Estado devem arcar com suas consequências. E o destino, é a papuda", conclui Reinaldo. 

Tópicos relacionados