BandNews FM

Rio atrasa calendário de vacinação infantil por falta de doses antiCovid

Imunização de crianças de 11 anos segue na capital fluminense até o sábado (22)

BandNews FM 19/01/2022 • 13:09
Rio atrasa calendário de vacinação infantil por falta de doses antiCovid
Rio atrasa calendário de vacinação infantil por falta de doses antiCovid
Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

A vacinação de crianças de 11 anos segue no Rio de Janeiro até o próximo sábado (22). Antes, a prefeitura da cidade havia anunciado a intenção de iniciar a imunização de crianças de 10 anos a partir desta quinta-feira (20). Mas, de acordo com a secretária municipal de saúde, a falta de doses alterou o calendário.

Crianças entre 5 a 11 anos com deficiência ou comorbidades também já podem se vacinar.

A imunização das crianças de 10 anos deve ser reagendada para a semana que vem.

O estado do Rio de Janeiro recebeu 93 mil doses da vacina contra a Covid-19 do Ministério da Saúde nesta terça-feira (18), na segunda remessa de doses pediátricas da Pfizer. Cerca de 33,9 mil foram destinadas à Capital Fluminense.

Queiroga promete 4 milhões de doses em janeiro

O planejamento do Ministério da Saúde indica que devem ser entregues até o fim do mês cerca de 4 milhões de doses do imunizante pediátrico. Segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a Pfizer vai antecipar entregas e o terceiro carregamento com vacinas chega no dia 24 de janeiro. A previsão anterior era para o desembarque no Brasil no dia 27 de janeiro.

O contrato com a farmacêutica americana prevê a compra de 100 milhões de doses da Pfizer para entregas neste ano. O Ministério da Saúde tem opção de receber as doses pediátricas dentro deste acordo. Mesmo com a previsão de receber 20 milhões de vacinas infantis até março, o número é insuficiente para imunizar todo o público entre 5 e 11 anos de idade. A faixa etária concentra 20 milhões de brasileiros, ou seja, seriam necessários 40 milhões de doses para imunizar os menores.