BandNews FM

Rio de Janeiro tenta conter surto de gripe

Estado vai instalar unidades de triagem dos casos de Influenza nesta sexta-feira (03)

BandNewsFM 02/12/2021 • 18:22
Rio de Janeiro tem surto de síndrome gripal
Rio de Janeiro tem surto de síndrome gripal
Foto: Reprodução

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro vai instalar tendas ao lado das unidades de pronto atendimento para triagem dos casos de síndrome gripal.

A primeira unidade a contar com as estruturas vai ser a UPA de Marechal Hermes, na Zona Norte do Rio, que além da triagem terá dois consultórios médicos para atendimento exclusivo desses casos. As UPAs da Tijuca e da Penha, na Zona Norte, e de Botafogo, na Zona Sul, também vão receber as estruturas.

De acordo com a pasta, esse formato já foi utilizado com sucesso durante o surto de H1N1, em 2009, e nas epidemias de dengue, zika e chikungunya.

A nova etapa do plano de contingência do surto de influenza começa nesta sexta-feira (03). O cronograma inicial prevê que a mobilização permaneça durante todo o mês de dezembro.

O objetivo é agilizar o atendimento dos pacientes e fazer uma triagem dos casos leves, que são a maioria, para dar maior atenção a casos mais graves.

O anúncio acontece após as unidades registrarem um aumento de 429% no número de atendimentos por síndrome gripal.

Segundo a Fundação Oswaldo Cruz, o crescimento atinge principalmente as crianças e os jovens entre 20 e 29 anos.

O secretário municipal de saúde, Daniel Soranz, pede que a população com sintomas da doença evite unidades de alta complexidade.

Apesar da alta nos registros da doença, a cidade do Rio pode ter que paralisar novamente a vacinação contra a gripe caso um novo lote do imunizante não chegue nos próximos dias.

O estoque atual é suficiente para manter a campanha apenas até a próxima segunda-feira (06).

Segundo Daniel Soranz, a cidade espera receber até semana que vem mais 200 mil doses.

Apesar da expectativa do município, o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe, disse nesta quinta que ainda não há previsão para a chegada do imunizante.

Nas últimas duas semanas, 16 mil pacientes tiveram sintomas respiratórios na cidade. Desse total, nenhum testou positivo para a Covid-19. 

23 crianças e dois idosos estão internados com o vírus Influenza A no município.

Todas as pessoas acima de seis meses de idade podem receber a aplicação. Cerca de 60% do público-alvo está vacinado. Os postos funcionam das 8h às 17h.