BandNews FM

Sobe para 51 o número de vítimas em caminhão abandonado no Texas

Autoridades tentam identificar os mortos; tragédia é decorrente de mais uma das várias tentativas de atravessar as fronteiras dos EUA

BandNews FM 29/06/2022 • 13:27 - Atualizado em 29/06/2022 • 13:44
A temperatura dentro do baú da carreta era de cerca de 39ºC.
A temperatura dentro do baú da carreta era de cerca de 39ºC.
Foto: Reuters

Sobe para 51 o número de pessoas que morreram após serem encontradas presas em no baú de uma carreta abandonada em San Antonio, no Texas. O veículo com os imigrantes foi encontrado na segunda-feira (27) e a principal suspeita é que as pessoas não tenham resistido ao calor extremo no local.

As autoridades apontam que 12 pessoas seguem hospitalizadas, incluindo um adolescente em estado crítico.

Inicialmente, foram contabilizadas 47 mortes, incluindo um corpo encontrado fora do caminhão. Outras quatro vítimas morreram algumas horas depois de serem levadas ao hospital. Entre os mortos, são 39 homens e 12 mulheres.

O episódio é investigado como tráfico de pessoas e tem ligação com a tentativa de entrada ilegalmente em território americano em busca de melhores condições de vida. O local em que o caminhão foi encontrado fica a 250 quilômetros de distância da fronteira com o México.

As autoridades tentam identificar as identidades desses imigrantes, o que pode levar dias.

O ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, afirma que pelo menos 27 vítimas são mexicanas. O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador lamentou: "É uma tremenda desgraça", ele ainda disse a jornalistas que “esta tragédia, claro, resulta da pobreza, do desespero”, e prometeu que o governo vai ajudar a repatriar os corpos.

Até agora, as autoridades identificaram que 14 vítimas eram de Honduras, 7 da Guatemala e dois de El Salvador.

Informações da agência Associated Press afirmam que o motorista da carreta e outras duas pessoas foram presas.

O presidente dos EUA, Joe Biden, afirmou na terça (28) que o incidente “ressalta a necessidade de perseguir a indústria multibilionária do contrabando criminal que ataca os migrantes e leva a muitas mortes inocentes”.

A temperatura dentro do baú da carreta era de cerca de 39ºC, sem refrigeração ou acesso à água, que foi o motivo da hospitalização dos 16 sobreviventes, incluindo quatro crianças. San Antonio sofre com umas das temperaturas mais altas já registradas.

Em 2019, a ONU afirmou que 810 pessoas morreram tentando entrar nos Estados Unidos. No ano passado, pelo menos 650 morreram só pela rota entre o México e o território norte-americano.