BandNews FM

Torcedores podem gastar mais de R$ 6 mil para acompanhar final da Libertadores

Ingresso mais barato custa R$ 1,1 mil; série especial da BandNews FM aborda detalhes sobre a final da Libertadores

BandNews FM 20/10/2021 • 11:59 - Atualizado em 20/10/2021 • 17:32
A entrada mais barata custa US$ 200 dólares, cerca de R$ 1,1 mil.
A entrada mais barata custa US$ 200 dólares, cerca de R$ 1,1 mil.
Foto: Conmebol

A BandNews FM inicia nesta quarta-feira (20) uma série especial de reportagens sobre a final da Libertadores.

De quarta (20) até sexta (22), os torcedores de Palmeiras e Flamengo podem se cadastrar para o registro da intenção de compra do ingresso da partida marcada para 27 de novembro, em Montevidéu, no Uruguai.

Serão disponibilizados 20 mil ingressos para serem divididos entre os dois clubes.

A entrada mais barata custa US$ 200 dólares, cerca de R$ 1,1 mil.

Há dois anos, por exemplo, na final entre Flamengo e River Plate em Lima, no Peru, o torcedor flamenguista chegou a pagar R$ 340.

Bem antes da definição dos finalistas, já não era possível encontrar hospedagem em Montevidéu.

Como o Uruguai autorizará a entrada de não residentes vacinados a partir de 1º de novembro, não há tantas opções de voos e os valores começam na casa dos R$ 7 mil.

Regina Nascimento, torcedora que acompanha o Palmeiras em diversas ocasiões, a aposentada de 60 já fez muitas viagens pela América do Sul e está em todos os jogos no Allianz Parque. Ela investirá R$ 6 mil entre o voo fretado por uma agência para Montevidéu e a hospedagem em Punta del Este.

O agente de turismo Arnaldo Torres, de 59 anos, faz eventos para um grupo de associados do Palmeiras desde a final do Mundial de Tóquio, em 1999. Ele fechou pacotes com saídas de Porto Alegre para 150 pessoas em três ônibus - o trajeto de São Paulo à capital gaúcha está na conta de cada um.

O investimento total fica por volta de R$ 4,2 mil, não há a garantia de ingresso e cada torcedor terá que correr atrás do seu.

A final entre Palmeiras e Flamengo será a quarta completamente brasileira da história da competição.

O estádio Centenário está passando por melhorias em todos os setores para receber as finais da Libertadores Masculina e Feminina, e da Sul-Americana.

Confira a reportagem de Alinne Fanelli: