BandNews FM

Turquia aceita ingresso de Finlândia e Suécia na OTAN

Governo turco mudou de ideia após reunião com líderes dos países nórdicos

Rádio BandNews FM 28/06/2022 • 17:24 - Atualizado em 28/06/2022 • 18:09
Secretário-geral da OTAN comemorou a mudança de postura turca.
Secretário-geral da OTAN comemorou a mudança de postura turca.
Foto: Reuters

O governo da Turquia confirma que assinou um memorando com a Finlândia e a Suécia nesta terça-feira (28) apoiando a adesão dos países à OTAN. Em troca, suecos e finlandeses se comprometeram a não fornecer apoio às Unidades de Proteção do Povo Curdo, grupo considerado terrorista pelo regime de Recep Erdogan.

A Turquia ainda disse que estende seu total apoio contra ameaças à segurança nacional dos países nórdicos.

A declaração turca foi divulgada após reunião entre os líderes da Finlândia e da Suécia com o presidente turco. O encontro aconteceu antes da cúpula da OTAN, realizada em Madri até a próxima quinta-feira. "A Turquia confirma seu apoio de longa data à política de Portas Abertas da OTAN e concorda em apoiar na Cúpula de Madri de 2022 o convite da Finlândia e da Suécia para se tornarem membros da OTAN", diz o memorando assinado pelos turcos.

O secretário-geral da OTAN comemorou a mudança de postura turca. "Tenho o prazer de anunciar que agora temos um acordo que abre caminho para a Finlândia e a Suécia se juntarem à OTAN. Turquia, Finlândia e Suécia assinaram um memorando que aborda as preocupações da Turquia, incluindo exportações de armas e a luta contra o terrorismo", disse Jens Stoltenberg.

Lembrando que o governo turco, que também é membro da aliança militar, havia prometido vetar o ingresso dos países, acusando os governos das duas nações de abrigar organizações terroristas.

Com o sinal verde dado por Ancara, o ingresso da Finlândia e da Suécia na OTAN agora é uma questão de tempo.