BandNews FM

Vacinados com Janssen receberão segunda dose da Pfizer em São Paulo

Decisão foi tomada por conta do aparecimento de nova variante do coronavírus

BandNews FM 29/11/2021 • 20:50
Prefeitura quer acelerar o esquema vacinal de quem recebeu a vacina da Janssen
Prefeitura quer acelerar o esquema vacinal de quem recebeu a vacina da Janssen
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Quem foi imunizado com a vacina da Janssen contra a Covid-19 receberá a segunda dose da Pfizer a partir desta terça-feira (30) na capital paulista.

A Prefeitura de São Paulo cita a descoberta da variante ômicron, identificada na África, para explicar a decisão e diz que deseja vacinar rapidamente as mais de 300 mil pessoas que receberam a dose da Janssen, que tinha, inicialmente, um esquema de aplicação única.

O Governo do Estado já tinha permitido o uso da vacina da Pfizer em caso de indisponibilidade do imunizante da Janssen.

Na capital, a prefeitura também retirou a obrigatoriedade de apresentar um comprovante de endereço na cidade para tomar uma das doses na rede de saúde.

A gestão municipal justifica que, pelo o alto índice de imunização e para fortalecer a vacinação nacional, qualquer pessoa pode se apresentar para receber a dose, independentemente do local de residência.

Por fim, a Secretaria Municipal de Saúde afirma que não registrou novas variantes em circulação na cidade e que, desde a descoberta da cepa delta, o monitoramento nunca foi interrompido.

Toda a rede de saúde da cidade já foi orientada a questionar todo paciente sintomático se esteve na África nos últimos 14 dias e, se a resposta for positiva, então a amostra coletada será encaminhada para o sequenciamento.  

Da mesma forma como aconteceu no esquema de monitoramento da variante delta, desta vez, todas as pessoas que chegarem da África terão os dados (nome, contato e endereço) enviados pela Anvisa aos municípios. 

A vigilância em saúde da cidade de São Paulo orientará que mantenham quarentena de 14 dias, além de realizar um monitoramento via contato telefônico do estado de saúde de cada um. Quem apresentar sintomas da doença, terá a amostra coletada e encaminhada para genotipagem.