Notícias

Acusado de agredir e roubar modelo trans é condenado a nove anos de prisão

A vítima teve o maxilar e o nariz quebrados, perdeu dentes da parte superior e, ainda, foi ferida com uma faca

Gustavo Sleman 21/01/2022 • 11:42 - Atualizado em 21/01/2022 • 15:57
O caso ocorreu em agosto de 2020, em Copacabana
O caso ocorreu em agosto de 2020, em Copacabana
Reprodução/Redes Sociais

A Justiça do Rio condena a nove anos de prisão em regime fechado o homem acusado de agredir e roubar a modelo trans Alice Félis. O caso ocorreu em agosto de 2020, em Copacabana, na Zona Sul.

No ataque, Alice teve o maxilar e o nariz quebrados, perdeu dentes da parte superior e, ainda, foi ferida com uma faca.

Na decisão, o juiz Marcel Laguna Duque Estrada destacou o comportamento agressivo de Lucas Brito Marques e por ele ser reincidente na prática de crimes.

Lucas e Alice se conheceram em um bar e foram para o apartamento da vítima. No depoimento, a modelo contou que o agressor levou drogas para o local e passou a agredi-la. Lucas ainda se apoderou de R$ 4 mil da vítima.