Notícias

Roberto Jefferson cumpre prisão domiciliar autorizada por Alexandre de Moraes

O ministro do STF atendeu ao pedido da defesa e o parlamentar deixou a penitenciária usando tornozeleira eletrônica nesta terça (25)

Priscila Xavier 25/01/2022 • 08:40 - Atualizado em 25/01/2022 • 11:24
Moraes também determinou que o político não pode manter contato com investigados
Moraes também determinou que o político não pode manter contato com investigados
Valter Campanato/Agência Brasil

O ex-deputado federal Roberto Jefferson já está em casa, em Levy Gasparian, no Sul do Rio, para cumprir prisão domiciliar, após a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes.

Segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária, o parlamentar deixou o Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste, nesta terça-feira (25), com a tornozeleira eletrônica instalada, como parte da medida cautelar decretada pelo ministro do STF. Além disso, o Moraes também determinou que o político não pode manter contato com investigados.

O ministro atendeu ao pedido da defesa do político, que alega que o presidente afastado do PTB corre risco de morte, caso não receba o tratamento adequado. 

Na semana passada, o ministro já havia autorizado a transferência temporária do parlamentar para um hospital particular para a realização de exames. Jefferson apresentava sintomas compatíveis com os de Covid-19, além do risco de trombose.

Ele está preso desde agosto do ano passado em processo que apura a atuação de milícias digitais antidemocráticas.