Notícias

Justiça do Rio nega série de pedidos da defesa do ex-vereador Jairinho

Entre as solicitações negadas, está um pedido de revogação da prisão preventiva do ex-parlamentar

Gustavo Sleman 23/06/2022 • 15:46 - Atualizado em 23/06/2022 • 19:21
Defesa de Jairinho pediu para que prisão preventiva fosse revogada
Defesa de Jairinho pediu para que prisão preventiva fosse revogada
Renan Olaz/CMRJ

A Justiça do Rio nega uma série de pedidos da defesa do ex-vereador Jairinho. Entre as solicitações negadas pela juíza Elizabeth Machado Louro nesta quarta-feira (22) está um pedido de revogação da prisão preventiva do ex-parlamentar. Na decisão, a magistrada alegou ser necessária a manutenção da custódia.

Em outro pleito, os advogados questionavam a autenticidade de um software utilizado pela Polícia Civil para extração de dados de celulares apreendidos durante o processo que investiga a morte do menino Henry Borel. A juíza esclareceu que as informações já fornecidas anteriormente pela corporação reforçam a legitimidade do uso do programa.

Também foi negado o pedido para ouvir médicos e funcionários do hospital onde a criança foi atendida em março de 2021 e auxiliares de necropsia. Os advogados também haviam solicitado a expedição de um mandado de busca e apreensão de câmeras de segurança do Hospital Barra D'or. Apesar da negativa, a magistrada determinou que sejam fornecidas informações sobre uma manutenção que era realizada no sistema na época.

Elizabeth Machado Louro também negou os pedidos de reprodução simulada da unidade de saúde, do oficiamento de uma operadora de telefonia e do envio do celular de Jairinho para perícia na Polícia Federal.

A magistrada determinou ainda que o Hospital Barra D'Or encaminhe a escala de funcionários de serviço no dia da morte de Henry. 

A defesa do médico e ex-vereador Dr Jairinho esclarece que informou à juíza que desistiu das oitivas uma vez que pretendia tomar o depoimento das mesmas para garantir a ampla defesa e o contraditório. Uma vez que a juíza determinou a produção de quesitos, ao invés do depoimento, a defesa comunicou a desistência dos referidos requerimentos.