Notícias

Laudo pericial pode revelar envenenamento de jovem por madrasta

Fernanda Carvalho Cabral, de 22 anos, teve o corpo exumado nesta quinta-feira (26) para análise

Thuany Dossares 26/05/2022 • 20:38

O laudo pericial que pode revelar se Fernanda Carvalho Cabral, de 22 anos, foi envenenada pela madrasta deve ficar pronto em até 20 dias. O corpo da jovem foi exumado nesta quinta-feira (26).

De acordo com o delegado Flávio Rodrigues, responsável pela investigação, além de uma análise do material genético da vítima, os peritos também irão analisar a fauna cadavérica.

Fernanda morreu depois de ficar 13 dias internada na UTI do Hospital Municipal Albert Schweitzer, em março, e sofrer uma parada cardíaca. Dois meses depois, Bruno Carvalho Cabral também foi internado na mesma unidade com sintomas semelhantes aos da irmã. A Polícia Civil suspeita que eles podem ter sido envenenados por  Cíntia Mariano Dias Cabral.

O delegado explica que os próximos passos agora são a análise do laudo da exumação e do celular de Cíntia, além da oitiva dos médicos que atenderam as vítimas.

A madrasta está presa em Benfica e teve a prisão mantida do domingo (22), durante audiência de custódia.