Notícias

Mulher que levou cadáver em banco deve passar por audiência nesta quarta-feira

Erika de Souza Vieira Nunes vai responder por furto perante fraude e vilipêndio à cadáver

Redação BandNews FM

O corpo da vítima já foi encaminhado para o IML
O corpo da vítima já foi encaminhado para o IML
Reprodução

Deve passar por audiência de custódia nesta quarta-feira (17) a mulher presa após levar um cadáver para uma agência em Bangu, na Zona Oeste do Rio, para tentar pedir um empréstimo de R$17 mil. A Polícia investiga se a criminosa contou com a ajuda de comparsas.

Erika de Souza Vieira Nunes vai responder por furto perante fraude e vilipêndio à cadáver, que é quando ocorre menosprezo ou ultraje ao cadáver ou às cinzas. A mulher alegou que era sobrinha de Paulo Roberto Braga, que foi levado à agência em uma cadeira de rodas.

O caso foi filmado e o vídeo viralizou nas redes sociais. Nas imagens é possível ver a criminosa segurando a cabeça do idoso e pedindo que ele assinasse os documentos. Funcionários da agência bancária desconfiam da situação, afirmam que o idoso parece não estar bem e questionam até a coloração da pele dele.

Diante da situação, o SAMU foi acionado e os profissionais constaram que Paulo estava morto há algumas horas. Erika de Souza foi presa em flagrante e já foi ouvida, segundo o delegado Fábio Luiz.

O corpo da vítima já foi encaminhado para o Instituto Médico Legal. A Polícia apura as causas da morte da vítima.

Os investigadores as imagens das câmeras de segurança internas e externas do banco.

Tópicos relacionados