BandNews FM Rio de Janeiro

Passageiros da SuperVia e do MetrôRio decidem explorar romantismo no Dia dos Namorados

Vagões do metrô foram o palco de ensaios fotográficos de dois pombinhos

Por Giovanna Faria

Passageiros da SuperVia e do MetrôRio decidem explorar romantismo no Dia dos Namorados
Reprodução

O amor está no ar e também nos trilhos. Pelo menos para os passageiros da SuperVia e do MetrôRio, que decidiram explorar o lado romântico do Dia dos Namorados em trens que cortam o Rio de Janeiro.  

Sabrina Passos decidiu pedir a namorada em casamento dentro de um trem na Central do Brasil, no Centro da capital fluminense, local onde o casal se conheceu. Por meio dos alto-falantes da composição de um trem do ramal Santa Cruz, Marina Wolff foi chamada para se dirigir até o primeiro vagão, onde o pedido aconteceu.  

A gerente de comunicação da SuperVia, Juliana Barreto, ressaltou a importância de promover a inclusão e diversidade.  

Já os vagões do metrô, que ligam as zonas Sul e Norte da cidade, foram o palco de ensaios fotográficos de dois pombinhos. Para recriar a primeira foto tirada por uma amiga há seis anos, o casal Vanessa Borges e Arthur Athayde contratou um fotógrafo para fazer um ensaio de casamento na estação Carioca, no Centro do Rio, e em vagões do modal.

O Palácio Tiradentes, antiga sede da Assembleia Legislativa do Rio, também abriu as portas para ensaios de casais apaixonados.

No Brasil, o Dia dos Namorados foi idealizado pelo empresário João Dória. Em 1949, a campanha publicitária que tinha o slogan "Não é só com beijos que se prova o amor" sugeria que o dia 12 de junho era uma data para demonstrar amor através de presentes. Além disso, é véspera do dia de Santo Antônio, considerado o "santo casamenteiro".

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais