BandNews FM Rio de Janeiro

Polícia identifica atiradores que executaram família em Niterói

Os dois suspeitos são traficantes da comunidade do Castro, na mesma região

Por Maria Eduarda Vieira (sob supervisão)

Polícia identifica atiradores que executaram família em Niterói
Divulgação

A Polícia Civil identifica os atiradores que mataram uma família em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Os dois suspeitos são traficantes da comunidade do Castro, na mesma região.

O caso aconteceu em março deste ano. Filipe Rodrigues, Rayssa dos Santos Ferreira e o filho deles, de apenas sete meses, foram assassinados dentro de um carro.

De acordo com a Polícia Civil, um dos acusados foi morto no mesmo mês do crime. A suspeita da Polícia é de que os próprios comparsas tenham cometido o crime, que é investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí

Em abril deste ano, um terceiro envolvido já havia sido preso.

Ainda segundo a Civil, o líder do tráfico de drogas da região seria o mandante do crime. Os dois autores identificados estão foragidos.

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí. De acordo com as investigações, Filipe Rodrigues e a família teriam sido mortos após ele ter se passado por policial militar para enganar traficantes da favela do Castro.

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais