BandNews FM Rio de Janeiro

Reforma da estação elevatória de esgoto em Copacabana tem previsão de seis meses

Estação de tratamento é a mais importante para o funcionamento do sistema de esgotamento sanitário da região

Por Ana Beatriz Tavares (sob supervisão)

Reforma da estação elevatória de esgoto em Copacabana tem previsão de seis meses
Reprodução

A reforma da Estação Elevatória de Esgoto Parafuso, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, que começou nesta terça-feira (18), tem previsão de duração de seis meses. A estação de tratamento é a mais importante para o funcionamento do sistema de esgotamento sanitário da região.  

Essa é a segunda fase da obra e vai recuperar a estrutura interna e o sistema de bombeamento da estação. Segundo a concessionária Águas do Rio, responsável pelo trabalho, os equipamentos se deterioraram com o tempo por causa da maresia e dos gases provenientes dos próprios dejetos.  

As quatro bombas do tipo parafuso serão içadas para restauração, o que não acontecia desde o período das Olimpíadas, em 2016. Nos dias agendados para içamento das peças e colocação delas na carreta, a CET-Rio realizará a interdição de uma faixa da Avenida Atlântica por algumas horas.

Ainda segundo a Águas do Rio, o processo não vai afetar o funcionamento da elevatória,(( que atualmente funciona com 2 bombas. 

O coordenador de Operações da Águas do Rio, José Maria Vaz, afirma que a obra faz parte de um conjunto de manutenções preventivas do saneamento da cidade.

Vamos retirar hoje o primeiro dos quatro parafusos cada bomba dessa tem 12 metros de comprimento ou dois metros e meio de diâmetro uma estrutura muito grande e ela faz parte de um conjunto de manutenções preventivas do saneamento do Rio de Janeiro trazendo uma grande segurança operacional para a população, disse o coordenador José Maria Vaz.

Mais notícias

Carregar mais