Notícias

Rio Sem LGBTIfobia tem ação especial pelo dia internacional do orgulho LGBTQIA+

Bruna Bittar* 28/06/2022 • 12:56
Hoje (28) se comemora o dia internacional do orgulho LGBTQIA+
Hoje (28) se comemora o dia internacional do orgulho LGBTQIA+
Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Governo do Estado realiza ações especiais entre os dias 28 e 30 de julho em comemoração ao dia internacional do Orgulho LGBTQIA+.  

Serão realizadas palestras, mesas de debates e atividades culturais em Niterói, Caxias, Nova Friburgo, Campo dos Goytacazes, Miguel Pereira, Quatis, Resende, Volta Redonda e Cachoeiras de Macacu.  

A programação completa está abaixo:

Dia 28

CCLGBTI Niterói: mutirão de requalificação civil, às 09h.  

  • - Praça do Pacificador, Duque de Caxias: Atividades culturais, divulgação de materiais contra LGBTIfobia, atendimento social e psicológico e assessoramento jurídico. Exposição da Escola de Divines e iluminação especial com as cores do arco-íris, com balões brancos pela paz e pelo fim da LGBTIfobia. 15 horas.  

Câmara dos Vereadores Nova Iguaçu: Efetivação da primeira comissão municipal da Baixada Fluminense, com assuntos específicos para a população LGBTQIA+.  

- IFF Campos dos Goytacazes: segunda conferência do Orgulho LGBTI do Norte Fluminense, às 14 horas.

- CCLGBTI - Miracema: Jantar e iluminação da faixada do Centro. Além de pré-apresentações de Croquis. 18 horas.

- CCLGBTI -Miguel Pereira: Inauguração do Painel do Orgulho "Stone Wall: onde tudo começou", rodas de conversas, apresentações culturais e iluminação especial do prédio do Centro. A partir das 10 horas.

- Associação Educação Dom Bosco - Resende: Mesa da Visibilidade LGBTIAQP+ e bate-papo. Das 14 horas às 17 horas.

Dia 29

- Colégio Estadual Quintino Bocaíuva, Cachoeiras de Macacu: Palestra sobre gênero e LGBTIfobia, às 7 horas.  

- Centro Cultural Fundação CSN, Volta Redonda: Encontro dos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) do Médio Paraíba.  

Dia 30

- Câmara Municipal de Quatis: Mesa Magna vai de discussão de parcerias entre o poder público, controle social, universidade e sociedade civil organizada, fundamental para a garantia de direitos da população LGBTI. Além de Homenagens à pessoas e grupos que se destacaram na luta por direitos da população LGBTI+.

*Estagiário sob supervisão de Christiano Pinho