Notícias

Sapucaí: entenda os direitos de quem já comprou ingresso

Desfiles foram transferidos para o feriado de Tiradentes

Gabriela Morgado 22/01/2022 • 22:57 - Atualizado em 22/01/2022 • 23:37
As Ligas ainda não informaram sobre como será o procedimento de devolução dos ingressos
As Ligas ainda não informaram sobre como será o procedimento de devolução dos ingressos
Divulgação/Prefeitura do Rio

Com o adiamento dos desfiles das escolas de samba no Rio e em São Paulo, por causa do grande número de casos de Covid-19, muitos foliões que compraram os ingressos para fevereiro não sabem o que fazer. No caso dos cariocas, as entradas serão validadas para as novas datas. Mas muitos consumidores esperam a devolução do dinheiro.

A situação fica ainda mais complicada, já que os desfiles foram remarcados para o feriado de Tiradentes, e muitas pessoas já tinham outros planos para a data.

As Ligas Independentes das Escolas de Samba do Rio e de São Paulo ainda não informaram sobre como será o procedimento de devolução dos ingressos.

Mas o advogado especialista em direito do consumidor Marco Antonio de Araújo Jr explica que todos os consumidores têm o direito de escolher o estorno dos valores pagos.

Ainda segundo Araújo, a prioridade é pelo atendimento digital, para evitar aglomerações.

Segundo o Procon-RJ, a Liesa pode realizar o reagendamento automático do ingresso e devolver os valores quando solicitado. Em nota, o órgão disse que a Liga manteve contato com o Procon para estabelecer um canal direto de comunicação.

A Liesa informou que vai realizar uma reunião na próxima segunda-feira (24) para debater as questões relacionadas à venda de ingressos. A Liga disse que o direito de todos será respeitado. Já a Liga de São Paulo ainda não definiu os procedimentos em relação às entradas, nem novas datas para os desfiles.

No Rio, o Carnaval na Sapucaí foi adiado para o período entre 20 e 24 de abril. O desfile das campeãs foi marcado para o dia 30.