Aumento da pobreza na pandemia

27 milhões de pessoas se encontram hoje em situação de carência

Isabella Galvão 01/09/2021 • 14:30 - Atualizado em 01/09/2021 • 14:45
A estudante de jornalismo da ESPM Isabella Galvão busca explicar os motivos do aumento da pobreza nos últimos meses
A estudante de jornalismo da ESPM Isabella Galvão busca explicar os motivos do aumento da pobreza nos últimos meses
Isabella Galvão

A pandemia aumentou a pobreza no Brasil. Segundo um estudo da Fundação Getúlio Vargas, 27 milhões de pessoas se encontram hoje em situação de carência, o triplo em relação a dois anos atrás. Dados da FGV revelam ainda que em janeiro de 2021, 12,8% dos brasileiros passaram a viver com menos de R$ 248 por mês, o que se chama "linha da probreza".

Nesta reportagem, a aluna do 3º semestre da ESPM de São Paulo Isabella Galvão, conversa com homens e mulheres que viram sua fonte de renda cair ou praticamente zerar durante a fase de isolamento social. Ela conversa também com Organizações não Governamentais que atendem famílias carentes.

  • PRIMEIRA-NOTICIA