Economia

Recebeu uma nota suspeita? Veja como saber se o dinheiro é falso

Circulação de cédulas falsificadas ainda é realidade no Brasil, mas algumas dicas ajudam a identificar se a nota é verdadeira

Abinoan Santiago 26/11/2021 • 10:25 - Atualizado em 26/11/2021 • 10:25
Veja dicas para saber se uma nota é falsa ou não, conforme orientação do Banco Central
Veja dicas para saber se uma nota é falsa ou não, conforme orientação do Banco Central
Pixabay

Para quem não se dá bem com cartões ou pix para pagamentos, o dinheiro se torna o principal meio para quitar algum valor. Mas é preciso sempre estar atento para não receber notas falsas ou até mesmo repassar sem querer alguma cédula não verdadeira.  

A circulação de notas falsificadas ainda é uma realidade no Brasil. Em outubro, a Polícia Federal (PF) prende no Rio Grande do Sul uma quadrilha que vendia dinheiro falso na internet desde 2012. A estimativa era de que a quadrilha tenha colocado ilegalmente em circulação 75 mil cédulas, somando R$ 6,7 milhões.  

A produção de notas falsas é um crime previsto no artigo 289 do Código Penal. A pena pode variar de três a 12 anos de prisão. Já o repasse do dinheiro falsificado, mesmo que tenha sido sem querer, pode resultar em uma condenação de seis meses a dois anos de detenção.

Com isso, confira as dicas para saber se uma nota é falsa ou não, conforme orientação do Banco Central.

1- Veja a marca d’água

Já viu alguém recebendo uma nota sua e colocando contra a luz? Isso funciona. Uma nota verdadeira posicionada contra uma luz, em uma área clara, mostra a figura do animal da cédula e o valor, em tons que variam do claro ao escuro.

2 - Fio de segurança

Também contra a luz, se a nota for falsa, não irá aparecer um fio escuro no meio da cédula. Nele estão escritos o valor e a palavra “REAIS”. O fio está presente nas cédulas novas de R$ 10, R$ 20, R$ 50, R$ 100 e R$ 200.

3 - Alto-relevo

Com as mãos, é possível sentir o relevo em algumas áreas da nota. Por exemplo: na frente, na legenda “REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL”, nas laterais e nos números indicativos de valor.  

Nas notas de R$ 10, apenas no número inferior esquerdo. Já nas de R$ 20, R$ 50, R$ 100 e R$ 200, você pode sentir o relevo também no verso em três lugares: na legenda “BANCO CENTRAL DO BRASIL”, no animal e no número indicativo de valor.

4 - Quebra-cabeça

Se você colocar uma nota verdadeira contra a luz, verá que partes do desenho do verso completam as da frente, formando o número do valor da nota.

5 - Número escondido

Ao colocar a nota verdadeira na altura dos olhos, na posição horizontal, em um lugar com bastante luz, você verá o valor da nota aparecer nas áreas indicadas.

6 - Elementos fluorescentes

Sob luz ultravioleta, em uma nota verdadeira, você verá as seguintes características: o número do valor da nota aparece na frente, na área indicada; a numeração de série muda de cor, passando da vermelha para amarela; e pequenos fios se tornam visíveis na cor lilás.

Recebi nota falsa, o que devo fazer?  

De acordo com o Banco Central, é proibido repassar nota falsa. Caso receba alguma cédula suspeita, existem as seguintes orientações.

Se receber de um terminal de auto-atendimento ou caixa eletrônico dentro ou fora da agência bancária, acionar o gerente para pedir a substituição da nota.  

“Se não obtiver solução satisfatória com o gerente do banco, o cidadão pode procurar uma delegacia policial mais próxima para registrar uma possível ocorrência”, recomenda o Banco Central.  

Agora, caso tenha recebido durante uma transação do dia a dia, a orientação é recusar.