Eleições

Dilma se manifesta contra chapa petista com Alckmin vice em encontro com Lula

A ex-presidente ainda não teve seu papel definido pelo PT na campanha eleitoral deste ano

Caiã Messina 14/01/2022 • 19:19 - Atualizado em 14/01/2022 • 19:22

Em encontro com Lula, a ex-presidente Dilma Rousseff se manifestou contra a chapa petista que seria composta com o ex-tucano Geraldo Alckmin para as eleições presidenciais de 2022. As informações são de Caiã Messina, no BandNews TV.

Os aliados se encontraram presencialmente pela primeira vez em 2022 na última quinta-feira (13). O perfil de Lula no Twitter registrou foto do encontro. Na conversa, Dilma disse a Lula que não gostaria de ver um protagonismo maior do ex-governador no cenário eleitoral, com o antigo adversário do PSDB sendo o vice na chapa petista.

Ainda não foi definido qual será o papel de Dilma durante a campanha eleitoral e como será tratada sua presença nos palanques da campanha. Nos bastidores, setores do PT avaliam que o ideal é que Dilma tenha "menos protagonismo" e o grosso do discurso seja focado nas realizações dos governos de Lula, já que o governo Dilma acabou com crise econômica e política, que culminaram no processo de impeachment. 

Essa definição será feita mais adiante, depois de conversas de Lula com aliados. Também não foi definido para que cargo ela sairia candidata nas eleições. A ex-presidente está insatisfeita por se sentir “escondida” dentro do PT.

Lula e os aliados costuram a filiação de Alckmin, que deixou o PSDB recentemente, ao PSB, que seria condicionada a apoios petistas a candidatos pessebistas em campanhas para algumas das disputas nos estados.