Eleições

PSDB diz que testes de novo aplicativo para votação em prévias "não foram satisfatórios"

Votação que escolherá candidato tucano à presidência da República em 2022 começa tão logo um novo serviço seja aprovado

Da Redação 24/11/2021 • 10:02 - Atualizado em 24/11/2021 • 14:20

Em comunicado feito na manhã desta quarta-feira (23), o PSDB relatou que os testes feitos com o sistema de votação da empresa Relatasoft com aplicativo realizados nesta madrugada “não foram totalmente satisfatórios”. 

O partido já programa testes com uma nova empresa e já contata outras do setor. Um pronunciamento deverá ser feito pela liderança da legenda ainda nesta quarta.

“Em relação à empresa de votação eletrônica para as prévias do PSDB, os testes realizados durante toda noite e madrugada não foram totalmente satisfatórios. Em reuniões confirmadas já para o início dessa manha, o PSDB e campanhas já programam testes com nova empresa. Outras entidades também já estão contatadas”, disse o comunicado.

A votação que escolherá o candidato do PSDB à presidência da República começa tão logo um novo serviço seja aprovado. A promessa é de que as prévias sejam retomadas até este domingo (28), mas a data ainda não foi confirmada.

“Tenho muita convicção que, até domingo, nós teremos a possibilidade daqueles que ainda não votaram nas prévias do PSDB de realizarem seu voto e termos o resultado final anunciado pelo presidente nacional  do PSDB até o próximo domingo, dia 28”, disse o governador de São Paulo, João Doria, durante coletiva nesta quarta.

Com o atraso, a promessa de união partidária das três campanhas também foi adiada. O problema técnico acirrou ainda mais a disputa para definir a candidatura tucana, Com João Doria e Arthur Virgílio de um lado, e Eduardo Leite do outro.

Por causa da instabilidade apresentada pelo software anterior, desenvolvido pela Fundação de Apoio à Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a legenda teve que paralisar as prévias no último domingo (21). Entre os testes, está prevista uma simulação de ataques para chegar as possíveis falhas no sistema.

Ao todo, mais de 40 mil pessoas se cadastraram para votar nas prévias do PSDB por meio do aplicativo, mas os militantes reclamaram de falhas, principalmente no momento em que se tentava fazer o reconhecimento facial.