Eleições

“Serei um parceiro leal”, diz Alckmin em apoio à chapa com Lula

Ex-governador de São Paulo discursou em lançamento da chapa Lula-Alckmin, que acontece hoje em São Paulo

Édrian Santos 07/05/2022 • 12:17 - Atualizado em 06/06/2022 • 16:19
Ex-governador Geraldo Alckmin é pré-candidato a vice de Lula
Ex-governador Geraldo Alckmin é pré-candidato a vice de Lula
Reprodução

O PT oficializou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) como pré-candidatos a presidente e vice-presidente, respectivamente, em evento de lançamento de chapa majoritária neste sábado (07). O ex-tucano deixou claro que será um parceiro leal ao petista.

“Perante toda a sociedade brasileira, serei um parceiro leal, seriamente compromissado com o seu propósito de fazer do Brasil um país socialmente mais justo, economicamente mais forte, ambientalmente mais responsável e internacionalmente mais respeitado. Para isso acontecer, temos uma grande luta pela frente, uma luta pela mudança”, discursou.

Havia a expectativa sobre a participação ou não de Alckmin, já que, na última sexta-feira (06), ele foi diagnosticado com covid-19. Ainda ontem, o PT disse que o ex-governador discursaria por vídeo. Hoje, o pré-candidato a vice reiterou que as divergências do passado precisam ser deixadas para trás em prol do Brasil e que nada o fará desistir da volta de Lula à presidência.

“Nada, absolutamente nada, servirá de razão, desculpa ou pretexto para que eu deixe de apoiar e defender, com toda a minha convicção, a volta de Lula à presidência do Brasil. É com muito orgulho que faço isso”, discursou Alckmin.