Entretenimento

Ana Hickmann processa hotel de Belo Horizonte onde foi atacada por fã

Na época, um homem armado rendeu o cunhado da apresentadora que reagiu e matou o agressor

Vini Martins, do Metro Jornal 25/12/2021 • 17:28
Ana Hickmann processa hotel onde foi atacada por fã
Ana Hickmann processa hotel onde foi atacada por fã
Reprodução/Instagram

Ana Hickmann voltou a comentar sobre o ataque que sofreu em 2016, quando um homem, armado com um revólver calibre 38, rendeu o cunhado da apresentadora, Gustavo Corrêa, para forçá-lo a entrar no quarto onde ela estava com sua assessora.

Em entrevista ao jornalista Celso Zucatelli, Ana contou que há processos em aberto contra o hotel. “Existem três processos que correm em segredo de justiça contra o hotel, que foi negligente em muitas coisas”, afirmou a apresentadora do Hoje em Dia, da Record TV.

Ana relembrou ainda que após o atentado a família foi vítima do ataque e o cunhado foi parar na Justiça por ter reagido e matado o agressor. “Porque quando o Gustavo sentou lá, ele não se sentou sozinho, eu e a Giovana estávamos junto com ele, ali naquele momento, a família toda, e aquilo não era justo. Graças a Deus vencemos e provamos isso, deixamos bem claro o que aconteceu que foi defesa”, contou a ex-modelo.

Para Ana Hickmann, o agressor é uma pessoa doente que precisava de ajuda e ninguém percebeu. “Se alguém um dia eu falasse para mim que isso ia acontecer não ia acreditar. Ele invadiu e fez roleta russa com a gente. Foi uma coisa horrorosa. Foram 20 e poucos minutos de tortura psicológica”, falou a apresentadora para Celso Zucatelli.

Para quem não lembra, o ataque aconteceu em maio de 2016, quando Rodrigo Augusto de Pádua se hospedou no hotel Caesar Business, localizado no bairro Belvedere, em Belo Horizonte. Na época, Ana Hickmann tinha ido para a cidade para lançar uma uma coleção de roupas de sua marca.

O homem, armado com um revólver calibre 38, rendeu Gustavo Corrêa no corredor para forçá-lo a entrar no quarto onde Ana Hickmann e a assessora estavam. Muito agitado e falando frases desconexas, ele obrigou os três a se virarem de costas, encostados na parede, com as mãos na cabeça.

Segundo a PM, Gustavo se recusou a cumprir a ordem do agressor. O atirador, então, disparou duas vezes contra Giovana. O cunhado da apresentadora reagiu e entrou em luta com Rodrigo. Ana Hickmann e sua assessora saíram correndo do quarto.

Gustavo afirmou à polícia que, durante a briga, a arma de Rodrigo disparou. O atirador morreu no local. Após a briga, Gustavo desceu no térreo e entregou a arma na recepção. A polícia foi chamada.

Nascida na cidade de Santa Cruz do Sul (RS), Ana Hickmann mudou-se para São Paulo aos 15 anos, quando conseguiu seu primeiro contrato com uma agência e passou a despontar no mercado.

Este texto foi originalmente publicado no METRO JORNAL