Entretenimento

Aos 85 anos, Mauricio de Sousa diz que é preciso evoluir com o mundo: “Preconceito é atraso de vida”

Da Redação 21/11/2020 • 14:02 - Atualizado em 21/11/2020 • 14:02
Mauricio de Souza diz que é preciso dar noção de comportamento às crianças
Mauricio de Souza diz que é preciso dar noção de comportamento às crianças
Reprodução

Mauricio de Sousa tem um trabalho que ultrapassa gerações. Aos 85 anos, o cartunista e empresário

explica que não se acomoda e faz questão de estar sempre de olho nos debates atuais para tornar sua produção mais educativa. “Precisamos passar noção de comportamento para a criançada. É a mesma coisa que se meus personagens fossem meus filhos, que eu orientei e conversei”, comparou em entrevista neste sábado, 21, ao Do Bom e Do Melhor, com Catia Fonseca e Danilo Gobatto. 

Com uma equipe que soma mais de 400 pessoas, ele explica que se sente responsável em fazer com que quem esteja lendo se divirta, mas também reflita sobre temas necessários, como a diversidade. “Preconceito é um atraso de vida. Se eu puder colocar personagens vivendo numa situação ideal, pelo menos na história em quadrinhos, pode servir de referência para a criança que está crescendo e o jovem que está lendo. Isso pode tornar o mundo mais fácil de se viver.”

Depois do sucesso de Laços nos cinemas, agora ele se planeja para estrear o segundo filme, Lições.

De acordo com o criador da Turma da Mônica, sua missão é se manter sempre atual via quadrinhos, desenho animado e filmes. Independentemente do formato, ele diz que "assumi a responsabilidade de evoluir e acompanhar o que está acontecendo no mundo.”

Assista a entrevista na íntegra.

  • Mauricio de Souza