Entretenimento

Após morte de Philip, governo pede que ingleses não façam homenagens em frente ao Palácio de Buckinghan

Objetivo do pedido é evitar aglomeração; marido de Elizabeth II deve ter velório restrito à família e ser enterrado no Castelo de Windsor

Da redação, com BandNews TV

Após morte de Philip, governo pede que ingleses não se aglomerem em frente ao Palácio de Buckinghan Reprodução TV
Após morte de Philip, governo pede que ingleses não se aglomerem em frente ao Palácio de Buckinghan
Reprodução TV

O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, faleceu na manhã desta sexta-feira, 09, no Castelo de Windsor. O que está sendo pedido pela Coroa britânica, segundo a correspondente em Londres, Fernanda Zaffari, da BandNews TV, é que as pessoas evitem se manifestar presencialmente, não coloquem flores em frente ao Palácio de Buckingham e foi retirado, inclusive, o comunicado oficial em madeira para evitar ida das pessoas ao local.

Deve ser aberto um livro de homenagens por meio de um site. A Inglaterra está em terceiro lockdown e reunião de grandes grupos e aglomerações estão proibidas. A imprensa também foi desestimulada a ir até o local. 

Ainda não foi confirmada, mas a cerimônia de velório deve ser restrita no Castelo de Windsor, assim como enterrado naquela propriedade, onde está enterrada a rainha Vitória.

Mais notícias

Carregar mais