Entretenimento

‘Bridgerton’: “Os brasileiros sempre estiveram do meu lado”, disse Regé-Jean Page

Regé-Jean Page, o duque de Hastings de ‘Bridgerton’, revelou a reação do público em geral quando o nome dele foi escolhido para o elenco

Da redação, com Metro Jornal 16/06/2021 • 13:46 - Atualizado em 16/06/2021 • 14:33
Ator fala sobre a recepção brasileira ao ser escalado para produção da Netflix
Ator fala sobre a recepção brasileira ao ser escalado para produção da Netflix
Reprodução/Instagram @regejean Verificado

Regé-Jean Page, que interpreta o duque de Hastings em ‘Bridgerton’, nem sempre agradou a todos. Foi o que confessou o ator britânico de 31 anos. Ele falou à Variety sobre a reação que teve que enfrentar por não corresponder à descrição física do duque de Hastings nos livros. Os leitores dos romances de Julia Quinn questionaram a decisão de escalá-lo como Simon Basset porque ele não tinha os olhos “azuis glaciais” detalhados nos livros.

A verdade é que Page foi (praticamente) catapultado para o estrelato internacional depois de aparecer no drama de época da Netflix, que teve sua primeira temporada lançada na plataforma em dezembro. E ele revela que foram os fãs brasileiros que o defenderam dos comentários de haters por várias vezes: “Vou falar especificamente sobre os fãs brasileiros do livro, porque eles me apoiaram antes de qualquer outra pessoa”.

O ator continua: “Quando todo mundo ainda estava passivo e agressivamente amarrado porque eu não tinha olhos azuis, os brasileiros estavam lá por mim”. Quando a Netflix lançou ‘Bridgerton’, rapidamente se tornou a estréia da série de maior sucesso da plataforma até o momento e ocupou o primeiro lugar do serviço de streaming em 83 países, um dos quais era o Brasil.

Os fãs brasileiros não gostaram da saída de Regé-Jean Page

Em abril, a Netflix confirmou que Page não estaria presente na segunda temporada da série.

  Em sua página oficial no Instagram, Regé-Jean Page escreveu: “Uma viagem de uma vida inteira. Foi um prazer absoluto e um privilégio ser seu duque. Juntando-se a essa família – não apenas na tela, mas também fora dela. Nosso elenco, equipe e fãs incrivelmente criativos e generosos, tudo está além de qualquer coisa que eu poderia ter imaginado. O amor é real e continuará crescendo”.

 No início deste mês, a produtora de ‘Bridgerton’, Shonda Rhimes, eliminou qualquer possibilidade de Regé-Jean Page retornar à série. Ela explicou que não havia maneira de trazê-lo de volta para a série se o roteiro seguisse a história dos livros, que foram escritos por Julia Quinn.

O que disse Phoebe Dynevor, par romântico de Page

Com o Duque de Hastings, par romântico de Daphne, personagem de Phoebe Dynevor, fora da segunda temporada de ‘Bridgerton’, muitas dúvidas foram postas sobre a mesa com relação ao que aconteceria com sua personagem . “É definitivamente diferente. E eu já disse isso antes, mas acho que os fãs que leram os livros e os conhecem estão cientes de que cada temporada terá como foco a jornada de um irmão diferente. E pode ser um pouco mais, não um choque, mas uma surpresa para os fãs que amam tanto a história de Daphne e Simon. Mas eu acho que, honestamente, o ponto interessante da série é que, a longo prazo, é possível ver essas diferentes histórias de amor se desenrolarem”.

Phoebe continua: “E eu acho que cada temporada será realmente diferente e mágica à sua própria maneira. E isso é o que eu acho tão brilhante sobre o que Shonda e Chris Van Dusen criaram. Não há muitas séries de TV que fazem isso, que se concentram em personagens diferentes a cada temporada. Mas acho que cada temporada terá sua própria magia, o que é ótimo”. Ela completa dizendo que o Duque de Hastings continuará a fazer parte da vida de sua personagem, só que não estará mais na tela.

Clique aqui para ler mais textos do Metro Jornal.

  • bridgerton
  • netflix
  • regé-jean page
  • série
  • tv
  • streaming