Entretenimento

Cor da pele de filho de Meghan Markle e príncipe Harry preocupava a realeza

Da Redação, com BandNews TV 08/03/2021 • 12:28 - Atualizado em 08/03/2021 • 13:06

A bombástica entrevista de príncipe Harry e Meghan Markle para Oprah Winfrey, nos Estados Unidos, tem repercutido mundialmente. A principal polêmica tem sido em torno de um suposto caso de racismo sofrido por Archie, filho do casal, antes mesmo de nascer por parte de integrantes da coroa britânica.

“Nem nas piores previsões se esperava algo tão bombástico. É uma entrevista muito séria, com acusações seríssimas para família real. Um clima que ficou insustentável e eu diria que a família real se não se manifestar nos próximos dias, será muito pressionada”, disse Fernanda Zaffari, correspondente internacional do BandNews TV.

Outro ponto repercutido da entrevista foi a disputa entre Meghan e Kate Middleton, mulher do príncipe William, e a nova gravidez da duquesa de Sussex, que agora espera uma menina. “Isso ficou em segundo plano, porque o foco mesmo em toda a imprensa internacional são dois pontos: primeiro, a acusação de racismo", contou a jornalista.

“Alguém teria questionado quão escura seria a pele do filho deles, Archie, e por isso ele não teria recebido um título real. A outra revelação muito forte é que Meghan revela que teve pensamento suicidas, que se sentiu muito isolada. Ela teria procurou ajuda, foi a mais de uma pessoa e não obteve essa ajuda”, disse Fernanda.

A correspondente contou que a entrevista ainda não foi um ar no Reino Unido e que há uma grande expectativa sobre quem auxiliará a família real durante essa polêmica. Em entrevista a CBS, Oprah Winfrey disse que tem novos pontos para revelar da entrevista e falará um pouco sobre os bastidores.

  • bandnews tv
  • meghan markle
  • príncipe harry
  • archie
  • racismo