Entretenimento

Depressão: sintomas e outras dúvidas comuns sobre a doença

Da Redação, com Melhor da Tarde 12/11/2020 • 17:12 - Atualizado em 12/11/2020 • 18:01
Depressão atinge milhões de brasileiros e ainda há subdiagnóstico
Depressão atinge milhões de brasileiros e ainda há subdiagnóstico
PxHere

Depressão e ansiedade são assuntos sérios. De acordo com a OMS, Organização Mundial de Saúde, o Brasil é considerado o país mais ansioso do mundo e o quinto mais depressivo. Mesmo com dados tão alarmantes, muitas pessoas não procuram ajuda ou não encontram assistência médica adequada.  

Existe ainda um preconceito em relação a esse assunto e a desinformação afeta a procura por ajuda. Consequentemente, o tratamento eficaz que poderia ter grandes resultados também é afetado. É fundamental falar sobre o assunto, debater, trazer como alerta. Por isso o Melhor da Tarde recebeu nesta quinta-feira, 12, o psiquiatra e neurocientista Pablo Vinícius para tirar as principais dúvidas sobre saúde mental: 

A depressão afeta mais homens ou mulheres? 
A depressão não escolhe cor, não escolhe sexo, não escolhe classe social. É verdade que é duas vezes mais frequente nas mulheres, mas ninguém está livre da depressão. 

A depressão pode alterar a qualidade do sono? 
A insônia aumenta quatro vezes o risco de depressão e a depressão prejudica a qualidade do sono. Então, essa relação é bidirecional. Uma prejudicando a outra.  

Irritabilidade pode ser considerado sintoma de depressão? 
Irritabilidade significa que o humor está alterado. Pode significar sintoma de depressão quando ela sai do contexto normal da pessoa, ela mesmo reconhece que está muito irritada e esse é um sintoma. Pode até ter motivo para ficar irritado, mas ela é exagerada, desproporcional.  

Quais são os principais sintomas da depressão? 
O principal é o humor entristecido. Uma tristeza que dura a maior parte do tempo da vida da pessoa, ela acontece e dorme entristecida. Ela perde prazer nas atividades, ela perde o interesse nas atividades. 

Depressão pode ser genética? 
A genética é uma das variáveis da depressão, junto com fatores psicológicos e ambientais. Para você ter uma ideia, filhos de pais deprimidos tem de 25% a 45% de chances de entrar em depressão. Para você ter uma ideia do tamanho da carga genética. 

Quais são os sintomas de depressão em crianças e adolescentes? 
A gente está percebendo um aumento significativo de depressão entre crianças e adolescentes e a depressão nas crianças é um pouco diferente. Então, às vezes vem pela alteração do comportamento. Fica mais quietinho, não quer brincar tanto, o apetite diminui, o sono altera. 

  • melhor da tarde
  • depressão
  • sintomas
  • dúvidas comuns
  • doença