Duelo de Mães

Qual a diferença entre cuscuz paulista, marroquino e nordestino? Dalton Rangel explica

Chef tira dúvidas sobre a receita que ganhou várias versões pelo País; assista ao vídeo

Amanda Caroline e Fernanda Frozza 25/08/2021 • 15:54
Dalton Rangel explica a diferença nos tipos de cuscuz
Dalton Rangel explica a diferença nos tipos de cuscuz
Envato Elements

Cuscuz é uma delícia, independentemente do seu tipo preferido, já que a receita é preparada de maneiras diferentes nas regiões do País. Nos bastidores do Duelo de Mães, o chef Dalton Rangel explica as principais características entre os cuscuzes paulista, marroquino e nordestino para acabar com a dúvida. 

Assista ao vídeo e saiba mais:
 


Cuscuz paulista

Normalmente feito com farinha de milho amarela flocada, é um prato mais denso e enformado. E é uma receita salgada, que pode levar vários ingredientes, como sardinha, tomate, milho, e ervilha, tudo depende do gosto do cozinheiro. Uma variação enorme de acompanhamentos pode ser colocada nesse cuscuz, que é sempre feito em forma de bolo e fatiado. Costuma ser servido frio como prato principal e também como acompanhamento.

Cuscuz marroquino

Costuma ser feito de sêmola hidratada. São grãos bem pequenininhos de milho hidratados com água ou caldo, nunca cozido. Depois de hidratado é misturado com alguns vegetais e servido como acompanhamento. Ele é soltinho e leve.

Cuscuz nordestino

Feito também em alguns locais do Norte, a receita leva flocos de milho. Pode ser servida de duas maneiras, uma versão mais adocicada e outra no vapor. As duas quentes. Normalmente, acompanha ovo frito na manteiga no café da manhã e também é recheado com queijo, banana-da-terra ou batata-doce.

Band Novela no Youtube