Faustão na Band

Mãe de Rodrygo se separou para o filho jogar no Santos: "Nos chamavam de loucos"

O pai do atleta jogava pelo Rio Claro, no interior de São Paulo, e não podia acompanhar a carreira do filho

Da Redação 01/07/2022 • 19:03 - Atualizado em 01/07/2022 • 22:53
Rodrygo foi homenageado no Arquivo Pessoal
Renato Pizzutto/Band

Rodrygo Goes, atacante do Real Madrid, foi surpreendido com uma homenagem de familiares durante o “Arquivo Pessoal”, quadro do Faustão na Band. A mãe do jogador, Denise Goes, lembrou as dificuldades do início da carreira do filho, quando ele era só uma criança.

Com apenas 10 anos de idade, o garoto nascido em Osasco teve sua grande chance no futebol, ao assinar com categoria de base do Santos. No primeiro ano treinando no clube, ele viajava da cidade natal até o litoral todos os dias, até que a situação ficou insustentável e, para tornar o sonho em realidade, a família de Rodrygo teve que se separar.

"Meu pai jogava no interior de São Paulo e não tinha como me acompanhar. Fui eu e minha mãe morar em Santos. A gente só se via em algumas datas. Eu não tinha meu pai do lado. Essa foi uma das maiores dificuldades", disse Rodrygo.

Denise, a mãe, se afastou do marido e da casa para acompanhar o filho onde teria a grande oportunidade na Vila Belmiro. Em pouco tempo na base, Rodrygo assinou contrato como profissional pelo Santos e brilhou como Menino da Vila. Em 2018, o brasileiro foi contratado pelo Real Madrid, um dos maiores times do mundo.

"Cada dia e cada ano que a gente passou longe dele tem nos recompensado. Todo mundo falava que a gente tava sendo loucos de nos separar para viver seu sonho. Todos os dias você mostra que valeu a pena, que faríamos tudo de novo. Você é nosso maior orgulho. Só a gente sabe o menino que você é", disse a mãe em depoimento para Rodrygo.