Faustão na Band

Cerveja de manhã? Pizza? Saiba o que leva o 'Selo Zeca Pagodinho de Aprovação'

Sambista avaliou diversos quesitos a convite do Faustão na Band; assista ao vídeo abaixo e divirta-se:

Da redação 23/01/2022 • 10:46 - Atualizado em 23/01/2022 • 10:49

Ninguém melhor do que Zeca Pagodinho para oferecer dicas para quem quer viver de bem com a vida, certo? Por isso, o Faustão na Band conversou com o próprio sambista para distribuir o ‘Selo Zeca Pagodinho de Aprovação’, conferindo o que é legal e o que não é tão legal assim.

Comida? Bebida? Família? Tem de tudo! Confira abaixo e no vídeo acima!

Ketchup na pizza

“Eu não gosto nem de pizza”, diz Zeca Pagodinho, que prefere um prato de arroz, feijão e ovo com a gema mole.

Cerveja quente

“Estou fora”, recusa Zeca – embora lembrando que “na macumba a cerveja é quente”.

Cerveja no café da manhã

“Já foi tempo. Agora, não”, diz Zeca, que geralmente nem toma café da manhã e acorda direto para almoçar.

Ar condicionado ou janela aberta?

Zeca diz que prefere ar condicionado “até no frio”. “Se não tiver, eu não durmo. Não vou a lugar nenhum se não tiver ar”, avisa.

Doces de São Cosme e Damião

A data é celebrada em diferentes dias – 26 de setembro segundo a tradição católica e 27 de setembro nas religiões afro-brasileiras. Na casa de Zeca Pagodinho, é sempre motivo de farta comemoração. “A gente faz em casa uma mesa bem grande, bota os doces, vão os filhos, os amigos, os vizinhos, cada um vai botando - uma paçoca, passa para outro, bota uma geleia, eu vou passando de vez em quando e boto um dinheirinho”, descreve.

Se fantasiar de Naruto com o neto

A imagem de Zeca Pagodinho fantasiado ao lado do neto fez sucesso nas redes sociais, e ele adora. “Eu faço o que ele quiser”, diz Zeca, que espera apenas que o neto se envolva em mais atividades. “Eu gosto de levar ele para andar a cavalo. Agora ele está muito preguiçoso, só quer saber de jogar. O cavalo dele está lá e ele não usa mais.”

O que gosta de fazer?

“Eu gosto de estar em Xerém, gosto de estar na Barra, gosto de estar com pessoas normais, conversando”, diz Zeca. “Gosto da rua, gosto de botequim.”