Entretenimento

Filho de Marília Mendonça estava com o pai no momento do acidente

A cantora deixa o filho Léo, de quase 2 anos, do seu relacionamento com o sertanejo Murilo Huff

Da redação 05/11/2021 • 19:09 - Atualizado em 05/11/2021 • 19:36

Marília Mendonça morreu em um trágico acidente de avião em Piedade de Caratinga, no interior de Minas Gerais, que aconteceu nesta sexta-feira (5), às 15h20. Por volta do mesmo horário, Murilo Huff, ex-namorado da cantora publicou um vídeo em seu perfil do Instagram brincando com Léo, filho dos dois. "Filho, faz um carinho no papai?", pediu.

Murilo e Marília estavam separados desde setembro deste ano. Em recado aos fãs, a artista contou que eles "tentaram de tudo" para manter o namoro e pediu para que não criem "teorias da conspiração" sobre o término. "Não inventem histórias de novela, não estraguem a vida das pessoas… Por favor. Respeito", disse a "rainha da sofrência". "(...) A gente foi muito feliz e tentou de tudo, demos o nosso máximo, e isso é honroso. Sigamos em paz. Sou muito grata a esse relacionamento por tudo", completou.

Os sertanejos estavam juntos desde 2017 e terminaram o namoro em julho de 2020, mas reataram no fim do mesmo ano. Marília e Murilo são pais de Leo, que completa dois anos em dezembro.

Acidente

O avião levava cinco passageiros e caiu por volta das 15h20 em um curso d'água. "Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e co-piloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento”, informou a assessoria da cantora. 

O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação na noite desta sexta-feira.

A aeronave é um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ. Segundo o sistema da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a situação de aeronavegabilidade do avião estava normal e a operação era permitida para taxi aéreo.