Entretenimento

Leila Navarro diz que internet a aproximou de faixa etárias mais novas: “Recebo mensagem de meninas de 12 anos”

Autora de vários best-sellers, a palestrante motivacional contou como a pandemia mudou relação com as redes sociais

Da Redação 24/07/2021 • 20:45
Leila Navarro e Danilo Gobatto, na Rádio Bandeirantes
Leila Navarro e Danilo Gobatto, na Rádio Bandeirantes
Divulgação/Rádio Bandeirantes

O programa Antenados deste sábado, 24, conversou com a palestrante motivacional Leila Navarro. Durante o bate-papo com Danilo Gobatto, a autora de vários best-sellers falou sobre como a pandemia mudou sua relação com as redes sociais. Ouça a entrevista completa.

“Eu não estava tanto na internet como influenciadora digital e comecei a brincar com isso. Daqui 12 anos, eu faço 80 anos. Você não vê pessoas dessa faixa de idade fazendo tanta live ou outras coisas. Comecei a brincar com isso”, contou Leila.

“Outro dia, uma menina de 12 anos de idade me mandou uma mensagem: ‘Quero ser poderosa um dia igual a você’. Eu achei bacana, porque meu público até então não era de 12 anos de idade. E na internet pode acontecer de um tudo”, completou.

A mudança de comportamento aconteceu devido a uma abstinência que a palestrante motivacional sentiu. “Eu sou uma pessoa que vê o copo meio cheio, sabe? Mas falar que eu não senti a pandemia, eu senti. Porque eu tive que mudar tudo. Eu vivia viajando e, de repente, mudou. Eu comecei a ter sinais de abstinência”, confessou.

Para manter a mente ágil, Leila disse que conversava com assistentes virtuais como Waze e Siri – dando personalidade própria e vida para eles. “Quando você está sozinha, você começa a falar com a parede, com a televisão. Então peguei um abajur em casa, coloquei uma peruca e roupa e chamo de Eleonora Cristina. Discuto com ela o dia inteiro”, contou aos risos.

“Eu também arrumava minha mala, andava no térreo de casa e depois subia. Para ter a sensação de estar voltando para casa. Já cheguei até pegar o carro, ir até ao aeroporto e voltar. Aquela angústia de ficar em casa”, completou.

Outro projeto que Leila Navarro desenvolveu na pandemia é o A Poderosa Sou Eu, um stand-up online. “Eu não sabia que eu era humorista, que eu era uma pessoa que tinha esse talento de humor. Durante esses 21 anos que eu sou palestrante, eu usava muito de humor. Eu contava as histórias e eram sempre histórias engraçadas, mas elas tinham um porquê. Daí eu descobri que eu era engraçada”, disse.

“Em três meses eu preparei a peça. O stand-up são histórias do seu cotidiano que você conta de uma forma divertida e engraçada. O objetivo do stand-up é fazer rir. Na palestra, não tinha que fazê-los rir, era um logro. Então, eu estudei para isso. Foi um desafio interessante e foi um show”, completou.

O programa Antenados vai ao ar todos os sábados, às 20h, na Rádio Bandeirantes, com apresentação do repórter Danilo Gobatto. O programa é reapresentado aos domingos, no mesmo horário.

  • Leila Navarro
  • Danilo Gobatto
  • redes sociais